Oito Empresas de Destaque Geridas por Mulheres

Essas empresas são lideradas por CEOs mulheres e criaram vantagens competitivas frente à concorrência.

Susan Dziubinski 06/03/2020 17:16:00


Comprar uma ação simplesmente porque o CEO da empresa é uma mulher não faz mais sentido em termos de investimento do que comprar uma ação simplesmente porque o CEO da empresa é um homem.

Em vez disso, você deve examinar os fundamentos, considerar o valuation e aplicar quaisquer outras métricas de investimento importantes antes de comprar. Além disto, os CEOs vêm e vão. Aquela empresa administrada por uma mulher pode ser liderada por um homem amanhã - e vice-versa –.

Mas, considerando que o Dia Internacional da Mulher está chegando, hoje estamos vendo empresas lideradas por mulheres sob a lente de fossos econômicos: compartilhamos oito empresas com as classificações Largo e Estreito do Morningstar Economic Moat que têm mulheres no comando. Todas estas empresas criaram vantagens competitivas que devem permitir que elas prosperem pela próxima década ou mais.

Veja mais de perto três ações da lista.

Lockheed Martin (LMT)

Marillyn Hewson assumiu o cargo de CEO da maior empreiteira de defesa do mundo no início de 2013. Antes disso, Hewson ocupou 18 posições de liderança diferentes em 30 anos, abrangendo vários ramos. Esta experiência fornece a ela uma profunda compreensão da história, cultura e clientes da empresa, diz o analista Joshua Aguilar.

Eis o que Aguilar tem a dizer sobre o Largo - e crescente - fosso econômico da Lockheed:

“Décadas de experiência em lidar com regulamentos governamentais misteriosos, aliados a uma posição de liderança em áreas de alta tecnologia, como aeronaves de combate, transportes, mísseis e helicópteros, fornecem à Lockheed fortes ativos intangíveis e mantêm seus clientes em relacionamentos de longo prazo com a empresa. Em muitos casos, o Departamento de Defesa dos EUA não tem escolha a não ser usar a Lockheed porque não há outros licitantes qualificados. Nos mísseis, Lockheed e Raytheon competem efetivamente em duopólio, com outras empresas capturando apenas uma pequena parte do mercado dos EUA. Em certos segmentos, como aeronaves de combate tripuladas, onde acreditamos que a Lockheed será a única fornecedora dos EUA até 2025, a empresa desfruta de uma escala eficiente. Estes ativos intangíveis, custos de troca pelos clientes, escala eficiente em certos segmentos e retornos históricos bem acima do seu custo de capital e acima dos pares nos levam a atribuir à Lockheed uma Larga classificação de fosso econômico.”

No início de fevereiro, aumentamos nossa estimativa de valor justo para a Lockheed para US$ 412, de US$ 385, depois que as três principais agências de classificação de crédito aumentaram os ratings de dívida da Lockheed - o que levou a uma redução no custo da dívida.

Até o momento em que este documento foi escrito, o preço da ação é avaliado como Justo, de acordo com nossas métricas.

 

Nasdaq (NDAQ)

Adena Friedman é CEO da Nasdaq (fosse econômico Estreito) desde 2017 - e achamos que sua experiência em fazer negócios é uma vantagem, afirma o analista Colin Plunkett, principalmente quando a empresa se afasta de seus negócios de bolsa, desenvolvendo novos produtos em dados e expandindo seus negócios  em tecnologia.

Notas de Plunkett:

“A Nasdaq está fazendo a transição de ser apenas uma bolsa de valores para ser uma empresa diversificada de dados e tecnologia. Embora o negócio de serviços de bolsa da Nasdaq representem um pouco menos da metade da receita operacional, os investidores devem se concentrar no negócio de serviços de informação, em expansão, da empresa (45% da receita operacional), que fornece os dados de mercado que os investidores precisam para negociar. Historicamente, as bolsas davam estes dados para incentivar a negociação. Agora, a Nasdaq e outras bolsas veem cada vez mais esse ativo intangível como um centro de lucro. Esperamos que a maior parte do lucro operacional da Nasdaq seja realizada por meio da venda de dados, tornando-se menos dependente do volume de negociação, altamente cíclico.”

As ações parecem Caras, de acordo com nossas métricas.

 

Progressive (PGR)

Tricia Griffith tornou-se CEO da seguradora de fosso econômico Estreito em 2016, depois de servir anteriormente como COO de linhas de crédito pessoais. Quando ela assumiu o cargo de CEO, Griffith tinha quase 30 anos de experiência na empresa, com funções em quase todas suas operações. Concedemos à empresa marca Exemplar em administração. A diretoria fez um ótimo trabalho em alocar capital para empresas de alto retorno, observa o analista sênior Brett Horn. Além disso, a gerência provou ser inovadora: a Progressive foi a primeira a oferecer cotações e comparações de apólices de forma on-line, bem como um serviço de reclamações 24 horas.

Aqui está o que Horn tem a dizer sobre os negócios em geral:

“Progressive é uma das franquias mais fortes do setor de seguros e atualmente está levantando vôo. A indústria automobilística viu um aumento nos custos nos anos anteriores, com uma infinidade de fatores, variando de preços baixos da gasolina à direção distraída, aumentando os processos judiciais. Isso reduziu as margens de prêmio do setor, mas a Progressive e o setor executaram uma resposta mais do que suficiente. A Progressive superou completamente o problema, e as margens de prêmio estão agora no ponto mais baixo de sua faixa histórica. No entanto, vemos isso como um fenômeno cíclico e esperamos uma reversão média ao longo do tempo. Os aumentos de preços parecem ter parado, o que seria o primeiro estágio desse processo.

A Progressive também está se beneficiando de um movimento agressivo para expandir seu alcance, tendo adquirido a operadora de seguros ARX em 2015. Estamos céticos de que o negócio de aluguel de imóveis corresponderá aos retornos do negócio legado da Progressive e acreditamos que isso potencialmente introduz maior volatilidade, mas a capacidade de agrupar proprietários de imóveis e automóveis permitiu à Progressive ampliar seu alcance demográfico e aumentar sua penetração entre clientes relativamente ricos. Isto reacendeu o crescimento em seu canal de captação, historicamente inativo, e torna essa expansão criativa em termos de valor, em nossa opinião. ”

As ações estão supervalorizadas hoje, de acordo com nossas métricas.

 

Susan Dziubinski não possui ações em nenhum dos valores mobiliários mencionados acima. Descubra as políticas editoriais da Morningstar.

 

Artigo original em https://www.morningstar.com/articles/968750/8-standout-companies-run-by-women

Securities Mentioned in Article

Security NamePriceChange (%)Morningstar Rating
GlaxoSmithKline PLC ADR42,16 USD2,11
Lockheed Martin Corp392,44 USD0,12
Match Group Inc  
Nasdaq Inc130,42 USD-0,04
Northrop Grumman Corp339,40 USD-0,72
Portland General Electric Co43,00 USD1,01
Progressive Corp89,01 USD-0,01
Trip.com Group Ltd ADR29,36 USD2,44

About Author

Susan Dziubinski

Susan Dziubinski   é diretora de conteúdo no Morningstar.com.

© Copyright 2020 Morningstar, Inc. Todos os direitos reservados.

Termos de Uso        Política Privacidade        Cookies