Bem vindo ao novo morningstarbr.com! Aprenda mais sobre as mudanças e como nossas novas funcionalidades vão ajudar no seu sucesso.

O Que É Um ETF?

Explicamos o que ETFs são, como usá-los e como encontrar os melhores.

Karen Wallace 26/11/2019 15:10:00

ETFs (ou fundos negociados em bolsa) são veículos de investimento híbridos que podem oferecer uma exposição relativamente de baixo custo e eficiente em termos fiscais a uma variedade de classes de ativos e estratégias de investimento. Como os fundos mútuos tradicionais, a maioria dos ETFs investe em um portfólio diversificado de ações e títulos. Diferentemente dos fundos mútuos tradicionais, os ETFs são negociados em uma bolsa de valores.

A maioria dos ETFs é gerida passivamente, o que significa que eles replicam um índice. Porém, uma minoria crescente deles é gerida ativamente. Independentemente de estarem acompanhando um índice ou empregando uma estratégia ativa, os ETFs tendem a ter menores despesas anuais em relação aos fundos mútuos. Dito isto, como negociam como ações, os investidores devem contabilizar os custos de transação (comissões, spreads de compra e venda e assim por diante).

Os ETFs são frequentemente elogiados por sua eficiência tributária em comparação com os fundos mútuos tradicionais. Há duas razões principais pelas quais os ETFs costumam ser mais eficientes em termos fiscais. Primeiro, a maioria dos ETFs são fundos de índice. E os fundos de índice, especialmente fundos de grande capitalização (large-cap) ou fundos de índice de mercado inteiro que são ponderados por capitalização de mercado, têm uma rotatividade bastante baixa. Baixa rotatividade significa menos oportunidades de obter ganhos quando os ativos são vendidos do portfólio. A estrutura dos ETFs é o segundo mais importante fator de eficiência tributária. As ações/cotas do ETF são criadas e destruídas por meio de transações em espécie entre os patrocinadores do ETF e um tipo especial de formador de mercado conhecido como participante autorizado. Assim, os ETFs tendem a não precisar vender diretamente posições de suas carteiras para atender a resgates, o que protege os investidores de tributos sobre distribuições de ganhos de capital.

Os investidores devem estar cientes de que eficiência tributária não significa isenção de impostos. O principal benefício dos ETFs, do ponto de vista tributário, é que eles podem permitir que os investidores adiem a realização dos impostos sobre ganhos de capital. Os investidores em ETFs ainda pagarão impostos sobre ganhos de capital quando venderem um ETF por mais do que pagaram por ele.

Como Encontrar Os Melhores ETFs

O Morningstar Analyst Ratings pode ajudá-lo a identificar ETFs de primeira linha em quase todas as classes de ativos. Nossos analistas avaliam cuidadosamente os fundos negociados em bolsa, prestando atenção especial ao processo do fundo; eles tendem a favorecer ETFs muito diversificados, de baixo custo e patrocinados por gestoras sólidas.

Os ETFs que atraem mais dólares dos investidores tendem a pertencer às categorias "principais", como ações de alta capitalização (large-cap), ações estrangeiras de alta capitalização (foreign large cap) e títulos principais de médio prazo (intermediate-term core bond), que são frequentemente usados como os principais componentes das carteiras de investidores. De maneira encorajadora, muitos dos 10 maiores ETFs (em ativos líquidos) estão entre os melhores classificados pelos analistas da Morningstar por sua ampla diversificação, baixas taxas e capacidade demonstrada de seguir com eficiência um índice bem construído.

Atribuímos classificações positivas (Medalhistas Morningstar) aos ETFs que acreditamos que podem superar um fundo mediano em sua categoria Morningstar, após as taxas. Os ETFs que esperamos que superarão pela margem mais ampla serão classificados como Ouro; nossas próximas escolhas de convicção mais altas são classificadas como Prata, seguidas por Bronze.

Mantemos os ETFs que se enquadram como beta-estratégico (strategic-beta) ou inteligente (smart-beta) em um nível diferente (mais alto). Na Morningstar, pensamos nos ETFs beta-estratégicos como fundos de índice que fazem apostas ativas: eles estão vinculados a índices que se concentram em um ou mais fatores - como valor, momento ou baixa volatilidade, em um esforço para melhorar seus retornos ou alterar seus perfis de risco em relação aos benchmarks tradicionais do mercado. Por isso, exigimos que os fundos beta-estratégicos superem um obstáculo mais difícil: eles precisam nos convencer de que podem vencer o índice de categoria após as taxas (e não o fundo médio na categoria). Nossa avaliação do processo é a consideração mais importante por trás da classificação desses fundos.

Também atribuímos classificações de analistas a vários ETFs gerenciados ativamente. Colocamos esses fundos na mesma lente em que colocamos os fundos mútuos geridos ativamente, prestando muita atenção em como as possíveis restrições ao fornecimento de uma estratégia ativa no formato ETF podem afetar o processo da equipe de gerenciamento.

Clique aqui para ver a lista completa dos ETFs medalhistas.

Artigo original em https://www.morningstar.com/articles/952709/what-is-an-exchange-traded-fund

About Author

Karen Wallace  Karen Wallace is an editor with Morningstar.